Vanessa Votri
Vanessa Votri
Data: 25/11/2015
Secretária Municipal de Desenvolvimento Social
Nome: Maria Vanessa Vottri
Email: 
socialvitorino@gmail.com
Contato: (46) 3227-1616
Horário de atendimento: 08:00 ás 11:30 e 13:00 ás 17:00
Endereço: Rua Fracaro  N°: 165








A Assistência Social é prestada a quem dela necessite e sua função não é assistencialismo, e tem o dever de promover a transformação social.

O SCFV é um serviço da Proteção Social Básica do SUAS que é ofertado de forma complementar ao trabalho social com famílias realizado por meio do Serviço de Proteção  e Atendimento Integral ás Famílias (PAIF).

Realizamos também o Cadastro único para programas sociais do governo Federal (cadastro único), que tem por objetivo identificar as famílias de baixa renda, permitindo que o governo conheça melhor a realidade socioeconômica dessa população, além de ser o principal instrumento para acesso aos programas sociais. Sendo usado obrigatoriamente para concessão do Programa Bolsa Família, da Tarifa Social de Energia Elétrica, BPC, ID jovem, Carteirinha do Idoso, Isenção de taxa de concursos públicos, Programa do Leite entre outros.

Acompanhamentos de Medidas Socioeducativas, Protetivas e Liberdade Assistida (LA).

Realizamos campanhas como: Campanha de combate a Violência contra a Pessoa Idosa, Campanha de combate a Violência Contra as Mulheres e Meninas, Campanha de Combate e Erradicação do Trabalho Infantil, Campanha de fixação de cartazes referente á venda de bebidas e cigarros para menores de 18 anos, Casamento Comunitário, Campanha Faça Bonito: alusiva ao Dia Nacional de Combate ao Abuso e á Exploração Sexual de Crianças e Adolescente.

Realizamos encaminhamentos de benefícios para Idosos e Deficientes ( BPC).

Executamos conferências Municipais, tais como: Conferência da Assistência Social, da Criança e Adolescente, do Idoso e Pessoa com deficiência.

Serviços de Acolhimentos:

 Família Acolhedora:

Acolher crianças afastadas da família por medida de proteção, garantir as crianças em situação de risco e que necessitam de proteção o acolhimento provisório, respeitando o seu direito a convivência familiar e comunitária.

 Guarda Subsidiada:

Aquela que se estende para além da unidade de pais e filhos ou da unidade do casal, sendo formada por parentes próximos com os quais a criança e o adolescente convive e mantém vínculos de afinidade e afetividade;

Escuta Especializada

Busca ativa - Benefícios eventuais

Parcerias com empresas para empregos

Plantão Capela Mortuária Municipal

Projetos desenvolvidos pela Secretaria de Assistência Social

Idoso Feliz

Objetivo :

Tem por foco a constituição de espaço de convivência, formação para a participação e cidadania, desenvolvimento do empoderamento, protagonismo e de autonomia dos idosos, a partir dos interesses, demandas e potencialidades dessa faixa etária, oferecer melhor qualidade de vida a terceira idade.

Público Alvo:

O Projeto beneficia Idoso acima de 60 anos usuários ou não do CRAS.

Atividades:

Nestes grupos eles participam de atividades e trabalhos  podendo interagir com outras gerações para troca de conhecimento. Tais encontros se dão através de roda de conversa ou palestras proferidas por profissionais convidados ou técnicas do CRAS.

Local e datas:

Os encontros ocorrem uma vez ao mês á tarde no Centro de convivência de Idosos. 

PROJETO MULHERES - PAIF

Objetivo :

Oficinas que promovem a convivência em grupos, orientações e informações por meio da atuação das técnicas do CRAS.

Público Alvo:

Mulheres, com prioridade ás beneficiárias inscritas no cadastro único para Programa Social, mulheres em situação de violência.

Atividades:

Troca de experiências, oficinas que a mulher se redescobre, e começa a perceber a importância que ela tem no meio em que vive. Trabalho em grupos, auto-estima, troca de experiências, proporcionando uma melhoria na qualidade de vida.

Local e datas:

Os encontros acontecem a cada 15 dias no centro de convivência de idosos.

 ARTE INDÍGENA

Objetivo:

Fortalecer junto à comunidade indígena o trabalho em rede CRAS e levar informações profissionais, desenvolver o pensamento e entendimento da importância da população indígena para a formação da nossa comunidade.

Público Alvo:

Mulheres indígenas

Atividades:

Conversas diretas ou indiretas realizado pelas técnicas do CRAS,  grupo de oficinas e palestras motivacionais

Local e datas:

Os encontros acontecem no acampamento indígena, cada 15 dias.

O MILAGRE DA VIDA

Objetivo :

Acolher mulheres durante o período gestacional fornecendo informações  sócio-educativas a fim de garantir seu bem estar físico, emocional e social, bem como fortalecer os vínculos entre mãe e filho.

Público Alvo:

O projeto é direcionado ao atendimento de mulheres grávidas, sendo preferencialmente o atendimento de mulheres cujas famílias estejam incluídas em programas sociais, que se enquadrem nos benefícios eventuais ou famílias que estejam em vulnerabilidade social.

Descrição / local

Os encontros são realizados semanalmente, cada mãe participa de 4 (quatro) encontros podendo ser em momentos diferentes visto que o projeto é contínuo e todo mês poderá recebe novas gestante. A cada encontro é tratado temas diferentes que norteiam o mundo da gestação. Os encontros são em parcerias com a Secretaria Municipal de Saúde e é realizado no posto de saúde.

PROJETO ADOLESCER

Objetivo:

Tem por foco a constituição de espaço de convivência, formação para a participação e cidadania, desenvolvimento do protagonismo e de autonomia dos adolescentes, a partir dos interesses, demandas e potencialidades dessa faixa etária, incentivando o desenvolvimento de uma postura crítica por parte dos adolescentes diante de situações que geram vulnerabilidade.

Público Alvo:

O projeto beneficia adolescente de 12 a 18 anos, preferencialmente os adolescentes que tiveram seus direitos violados.

Atividades:

Tais encontros se darão de maneira objetiva, através de conversas diretas ou atividades lúdicas, filmes, atividades artísticas e dinâmicas de grupo e oficinas. A utilização de dinâmica participativa busca tornar mais simples e divertida a reflexão sobre os temas proposto, sempre com intuito de aproximação e conquistar a segurança do público alvo.

Local e datas:

O projeto tem parceria com o Colégio Estadual Padre Henrique Vicenzi e as atividades são desenvolvidas no colégio cada 15 dias nas quartas-feiras, manhã e tarde.

ROMPENDO BARREIRAS

Objetivo:

Considerando a realidade da população atendida no município de Vitorino, percebeu-se que a maioria das famílias atendidas pelos programas sociais são mulheres chefes de família, baseando- se nisso também percebe-se a falta de auto-estima e auto-confiança de muitas delas. Dessa forma é de competência do CRAS proporcionar à população em situação de vulnerabilidade a integração, a socialização, o acesso ao direito a cidadania, a profissionalização, o fortalecimento de vínculos familiares e comunitários para ajudar essas famílias criamos o Projeto Rompendo Barreiras.

Público Alvo:

 Mulheres, com prioridade ás beneficiárias inscritas no cadastro único para programas Sociais.

Atividades:

Conversas diretas ou indiretas realizado pelas técnicas do CRAS,  grupo de oficinas e palestras motivacionais

Local e datas:

É realizado os encontros quinzenal no Centro de Convivência dos Idosos em período integral.

  ERA UMA VEZ

Objetivo:

Esse projeto incorpora atividades socioeducativas e de convivência entre pais e filhos, com o objetivo de fornecer informações sobre assuntos relacionados a comportamentos, saúde, educação e meio ambiente.

Público Alvo:

Crianças de 4 (quatro) a 6 (seis) anos, ou que são encaminhadas pela rede de proteção.

Atividades:

Desenvolve atividades lúdicas com crianças em situação de vulnerabilidade social ofertando um espaço de interação, socialização, recreação, além de trabalhar questões ao desenvolvimento infantil através do brincar

Local e datas:

O encontro acontece todas as sextas-feiras, sendo na parte matutina e vespertina, no CRAS.

CRIANÇA VITORINENSE

Objetivo:

Proporcionar as crianças de nosso município um dia de festividades com tudo o que eles gostam deixando fluir a imaginação de cada um,com muitos brinquedos e personagens infantil o projeto é realizado pela secretaria em datas comemorativas como Páscoa, Dia das Crianças e Natal.

Atividades:

Brinquedos como cama elástica, piscina de bolinha, atividades recreativas, brinquedos, lanche.

Local e datas:

Local e data são definidos conforme agenda da secretaria sempre é anunciado por meios de comunicação a população em geral.

Locais de Atendimento

Secretaria de Desenvolvimento Social

Rua: Tomasi, S/n

Bairro: Azulão

Telefone: 46 3227 1103

Email: socialvitorino@gmail.com

Centro de Referência da Assistência Social – CRAS

Rua: Fracaro, 165

Bairro: Azulão

Telefone: 46 3227-1616

Email: socialvitorino@gmail.com

Conselho Tutelar

Rua: Fracaro, 165

Bairro: Azulão

Telefone: 46 3227 1100

Email: conselho_vto@yahoo.com.br

 

CONSELHOS MUNICIPAIS LIGADOS Á SECRETARIA DE ASSITÊNCIA SOCIAL

Conselho Municipal da Criança e do Adolescente - CMDCA

Presidente: Iraíde Carlett Foscheira

Email: cmdcavitorino@gmail.com

Telefone: (46) 3227-1616

Conselho Municipal da Assistência Social - CMAS

Presidente: Marlen Foscheira  

Email: social@gmail.com

Telefone: (46) 3227-1616

Conselho Municipal do Idoso - CMI

Presidente: Vilma Mazzardo

Email: cmivitorino@hotmail.com

Telefone: (46) 3227-1616

Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência – COMAD

Presidente: Cleide Terezinha Bortolatto  

Email:  comadevitorino@hotmail.com

Telefone: (46) 3227-1616

Conselho Municipal dos Direitos da Mulher - CMDM

Presidente: Margarete  Carollo Vottri

Email: cmdmvitorino@hotmail.com

Telefone: (46) 3227-1616


Galeria de Imagens(s) 98
Voltar